Mensagens

A mostrar mensagens de Julho 10, 2011

num país que se afunda, há que encontrar soluções para que alguns, pelo menos alguns, permaneçam à tona de água

Imagem
Diz-se que Portugal é um país de chicos-espertos. Que a arte do desenrasca e a técnica do improviso nos estão na massa do sangue, nos fazem parte dos genes. Não vou contra. Mas, como não sofro de crises de patriotismo exacerbado, e muito menos costumo cometer o pecado da inveja, gostei de ler, e isso explica parte da crise que se vive por essas atribuladas paragens, acerca da artimanha que os gregos, tão desembaraçados como nós, conceberam para disfarçar os seus sinais exteriores de riqueza (os que têm riqueza a assinalar, está bom de ver, que os há tanto por lá como por cá). 
A história conta-se em poucas penadas: o fisco grego resolveu sobrevoar certas regiões, de helicóptero, em demanda de sinais exteriores de riqueza dos seus habitantes. Que fizeram esses chicos-espertos que tanto honrarão a casta, a de lá e a de cá? Não estiveram com meias-medidas: camuflaram as piscinas com coberturas que imitam relva e verduras afins.
Não há dúvida: na dívida e na esperteza, a saloia, estamos bem…

tenho uma proposta melhor: proiba-se a roupa nos ministérios

Imagem

beleza americana

Imagem

alguém anda a meter água

Imagem
Agora que tanto se fala da água e da presumível privatização a Passos de corrida, esta notícia vem mesmo a calhar: em muitos estados da América, os cidadãos estão proibidos, mesmo dentro das suas propriedades, de recolher a água das chuvas para uso próprio. Alegação? Essa água pertence ao estado federal. Não acredita? Leia aqui:
http://www.naturalnews.com/029286_rainwater_collection_water.html

sem papas na língua

Imagem

escândalo!

Imagem

mamã, mamã, vai uma voltinha?

Imagem

lixo para a moody's

Imagem
Os portugueses em Paris depositaram sacos de lixo à porta da sede francesa desta associação de crime organizado. Acho bem.




o governo de scooter

Imagem
Por César Príncipe*
Um eleitorado desinformado e amedrontado é presa fácil de aves de rapina: da águia germânica e da águia americana. E de vampiros domésticos. Eles comem tudo. Zeca, volta.
Para além do perfil de capitulação, marca genética do Executivo de turno, outros traços vincam, desde já, o seu BI: a leveza da palavra e a ence(nação) do gesto. Atente-se na ejaculação retórica precoce e na decisão política atabalhoada. Não nos admiremos dos impulsos amadorísticos nem das piruetas simulatórias. O programa está feito. Foi e continua a ser redigido pela Troika. Que reservou para os intérpretes nativos a rábula, a cenografia, o figurinismo. A Estilística pré-inaugurou-se com a contratação de Fernando Nobre para presidente da Assembleia da República, negociata que terminou num caso de Passos Perdidos e má figura do independente que jurara que só não ocuparia a cadeira de Belém se lhe desferissem um tiro na cabeça. O homem estava vocacionado para mártir, para uma nota de heroísmo nos fe…

ah! então é por isto que as gravatas estão proibidas!

Imagem
Já está esclarecido o motivo da bizarra decisão de Assunção Cristas de proibir o uso de gravata no Ministério. Não foi por criancice - só para dar nas vistas enquanto a agricultura estiola -, razão que, devo confessar, chegou a assomar a esta moleirinha atravessada. Foi porque no Ministério há muito era conhecida esta invenção japonesa, sendo cada vez maior o número de funcionários masculinos que passavam pelas brasas durante as horas de expediente. A Ministra sabe o que faz.
Japoneses inventam gravata que vira travesseiro para quem trabalha demais

Tóquio (Japão) - Os trabalhadores de plantão ganharam um produto inusitado, mas útil, em sua homenagem. Visando profissionais que acabam trabalhando demais e passando mais tempo no escritório do que em casa, japoneses inventaram uma gravata que infla e vira travesseiro para que possam "tirar um cochilo" durante o expediente.
Feita de seda e fibras especiais, a gravata pode ser inflada para acomodar a cabeça de quem a utiliza | Foto:…

suicídios em série no ministério da agricultura estão na origem da proibição do uso de gravata

Imagem

ilusão de liberdade

Imagem
No futebol, no trânsito, em manifestações pacíficas, em países que publicitam a liberdade à laia de detergente, a actuação da polícia nem sempre prima pelo respeito dos direitos do cidadão. 


porque eles não merecem tréguas, a indignação vai para onde vai o verão

Imagem

é o fim do merdoque?

Imagem
Durante décadas, Murdoch tem tido um reinado impune, criando e destruindo governos através de seu vasto império midiático. Mas nós estamos fazendo frente a esse império e ganhando! Tivemos um papel crucial para impedir que Murdoch obtivesse o controle da mídia britânica. Agora estamos transformando nossa acalorada campanha britânica em uma campanha global, para reverter a ameaça de Murdoch em todos os demais países, com campanhas, investigações e medidas legais. 

ou vai ou racha!

Imagem
Nuno Crato garante que vai fechar de imediato 266 escolas. 
Depois lamuriam-se de que o interior do país está a ficar deserto e porque torna e porque deixa e mais isto e mais aquilo. Hoje em dia, e com este governo ainda vai ser pior, o sacrossanto lucro domina tudo, até a educação, até a saúde, qualquer dia a água, para quando o ar? É simples: medem-nos os pulmões, quanto maiores eles forem mais taxa se cobra ao orgulhoso portador de tal envergadura torácica. Os asmáticos pagarão sobretaxa, pois está claro! 
Estes políticos, da América do Norte à Europa, estão a pedir uma sublevação geral dos cidadãos. Porque isto já não é uma questão de esquerda ou de direita, mas de sobrevivência da humanidade. Exagero? Continuemos caladinhos, impávidos, serenos, narcotizados pelo futebol, o fado e fátima, se já não é assim é assim parecido, e qualquer dia, quando acordarmos, vai ser tarde. Ai vai, vai!

governo começou a poupar

Imagem

os anúncios candidatos aos emmy awards

Imagem
Pois é. Como antigo publicitário, gosto de publicidade. Pode ser arte, pode ter golpes de asa, pode ajudar a inovar. Estes são os candidatos aos Emmy deste ano:





a partilha, a ganância e como a política está em todo o lado

Imagem
por Daniel Oliveira

Apesar de não conhecermos hoje forma de viver sem ele, nem tudo é mercado. Se olharmos para a Internet percebemos isso mesmo. Na blogosfera ou na Wikipedia milhões de pessoas produzem e consomem sem que recebam ou paguem por isso. A criatividade veio quase sempre antes de alguém imaginar como ganhar dinheiro com ela. Na arte, na ciência e em tudo o resto.

não tenho vergonha, já não tenho vergonha

Imagem
Um sentido obrigado ao autor, anónimo, do comentário que acompanha o vídeo no You Tube:
"E é esta gente e quem a apoia, defende e representa, que vem todos os dias para as televisões, rádios e jornais proclamar que os trabalhadores portugueses têm "vivido acima das suas possibilidades", que devem pagar a dívida, que devem aceitar ver os seus salários, as suas pensões e os seus benefícios sociais congelados ou mesmo diminuídos e que devem ter os seus impostos aumentados, que não se deve elevar o salário mínimo nacional e que, se não aceitarem tudo isso docilmente, devem poder ser fácil e quase gratuitamente despedidos!!??"
"Os políticos que não nos tomem por parvos, a comunicação social que não nos tome por parvos, e nós que não nos apelidemos de parvos, ao sermos os primeiros a dizer que nada muda! Ao dizermos que nada muda apenas estamos a contribuir para a não mudança! Eu quero mudança, acima de tudo quero que não me destruam sonhos e que não me matem a espera…

válido para políticos, gestores e trouxas: quanto mais alto se sobe, mais dolorida será a queda

Imagem

cromos para a troca: cavaco silva

Imagem
É um azeiteiro digo-o eu. Digo-o, está mais que visto, sem qualquer intenção de apoucar, de acordo com o que o dicionário me ilustra, os mercadores de azeite, os ostentadores de nódoas e os esfoladores de meretrizes, se não acredita em mim vá conferir ao canhenho que repousa aí por casa há um ror de luas, a madraçar e a ganhar pó. É sim, é um azeiteiro e, tal como o azeite, não se dá bem com a água, cristalina, transparente e pura. Impoluta.
Preside aos destinos do país com o mais notável dos desempenhos, a mais fervorosa das determinações, assume a pose do estadista emérito, a catadura do líder nato, a aura de imortal figura, o aprumo dos heróis de mar e guerra, o semblante do ser iluminado. Porque, sabe-o ele e sabem os concidadãos que nele votaram por duas vezes e nele voltariam a votar de bom grado e mente leve, não se tem poupado a esforços, titânicos por assim dizer, proverbiais já se vê, providenciais por obra e graça do espírito santo, para salvar o país do naufrágio instante, …

façam negócio senhores, mas façam-no com honradez, chiça!

Imagem

gente nova em estado velho ou gente velha em estado novo?

Imagem

força bruta

Imagem

apre!

Imagem

nua, lavadinha e louca

Já aqui tenho mostrado alguns cromos do metro de Nova Iorque, local de atracção de excêntricos e loucos. Mas esta dama excede tudo. Ora veja.

mitos à la minute: catherine deneuve

Imagem

cromos para a troca: durão barroso

Imagem
É um estrangeirado, anda lá por fora a ganhar a vida, e que ganho, que alvíssaras, que alcavalas. Por isso, apesar de ser uma figurinha perniciosa, tem sido menos falado do que outros que, por sua vez, andam por cá a ganhar a vida deles e a lixar-nos a nossa. A imagem do Durão, agora Barroso, que me vem sempre à memória é a da aberrante cimeira dos Açores. A fazer de mordomo, ou de porteiro do Bush idiota e dos seus acólitos de Londres e Madrid. Caricato, pressuroso, seboso, sabujo e rasteirinho, a lembrar o menino graxista e melífluo da turma, sempre a fazer queixinhas e a dar manteiga à Senhora Professora. Todos tivemos um colega assim, não tivemos? Pois é essa imagem a que melhor retrata Durão. E agora, na Europa, Presidente da Comissão Europeia, um cargo que deveria ser atribuído a alguém com obra feita e bem feita e não a um pau-mandado dos grandes mandões da política e mamões do capital, que são uma e a mesma coisa como se sabe, o homem gagueja, balbucia e sorri, não pragueja, n…

a pesada herança

Imagem
Outra vez a pesada herança por Daniel Oliveira
Em reunião do Conselho Nacional do PSD, Pedro Passos Coelho disse que há um "desvio colossal" nas contas públicas. Disse que não se queixaria da herança mas, pelo sim pelo não, um conselheiro fez passar para os jornais a queixa da "herança".
Começa assim o segundo episódio de uma novela que se repete sempre. Durão prometia em campanha não aumentar impostos, chegou ao governo, descobriu que o País estava de tanga e aumentaram-se os impostos. Sócrates prometeu em campanha que não aumentava os impostos, chegou ao governo, descobriu que o défice era maior do que se julgava e aumentou os impostos. Passos disse que não aumentava os impostos, chegou ao governo, descobriu que um "desvio colossal" e aumentou os impostos. Em todos os casos os futuros governantes deixaram claro na campanha eleitoral que não acreditavam nos números oficiais. Em todos os casos fingiram logo de seguida que tinham sido surpreendidos pelos núme…

enlace consumado

Imagem

parem, aqui vive gente!

Imagem

a crise atira mais e mais gente para as ruas

Imagem
As imagens são de Toulouse. Podiam ser de outro lado qualquer. Gente que perde o emprego, que deixa de receber ajudas do Estado, que não pode pagar a amortização ou a renda de casa. Vítimas dos abutres deste mundo. Imundo.




Photos : © Éric Garault

tão pobrezinhos que eles são!

Imagem
Mais de metade da riqueza mundial está nas mãos de uns poucos, poucos que querem enriquecer ainda mais e não é aos poucos, é já, agora, hoje, mesmo que a fome grasse cada vez mais. Cusquemos as casas de algumas celebridades, que ganham o seu dinheiro, e do graúdo, por serem isso mesmo: celebridades e pouco mais.



1 ) Donald Trump, Mar-A-Largo Dizem que tem 58 quartos. E que mais?

o trambolho no seu melhor

Imagem

nascido a 6 de julho

Imagem
No mesmo dia que eu, por isso tem cabidela hoje aqui. Já lá vão 65, Mr. Rambo!


o mundo é um jogo fatal

Imagem

querida moody's, e que tal levar à letra a letra desta canção?

Imagem

sábado em kuala lumpur, domingo em amesterdão

Imagem
Por cá, regozija-se o governo. Afinal, parece que o 12 de Março foi, tão só e foi pouco, uma manifestação anti-Sócrates. Nada mais.

genocídio no sudão (uma mensagem da avaaz)

Imagem
Caros amigos, 
O presidente do Sudão, al-Bashir, denunciado por vários anos de genocídio e assassinatos em massa, iniciou mais um ataque brutal contra seu próprio povo, lançando bombas sobre vilarejos e indo de casa em casa para matar famílias inteiras. Agora chega! Vamos exigir que nossas lideranças prendam Bashir, imponham enérgicas sanções contra o regime que ele comanda e protejam o sofrido povo do Sudão: 
O presidente do Sudão, al-Bashir, é um dos piores assassinos em massa do mundo. Denunciado pelo Tribunal Penal Internacional por genocídio, durante 20 anos ele tem massacrado repetidamente comunidades inteiras que enfrentaram seu governo. E ele está fazendo isso de novo, mas nós podemos impedi-lo de uma vez por todas.

a guerra contra a democracia

Imagem

qual vasco da gama, qual carapuça!

Imagem
A China inaugura a ponte mais longa do mundo. O dinheirinho está ali. A custa do seu povo, mas isso é outra conversa.



E, já que estamos em maré de pontes ...

cavaco, sempre cavaco

Imagem
Uma lição de hipocrisia política dada pelo nosso Presidente da República por Sérgio Lavos
Confrontado com declarações antigas, em que afirmava não valer a pena "recriminar as agências de rating", Cavaco Silva, do alto da sua esfíngica arrogância, pediu aos jornalistas mais estudo. O mundo mudou, é isso? Pois isso foi o que o anterior Governo repetiu não sei quantas vezes seguidas. Curiosamente, esse Governo foi mandado embora, e agora está lá outro. Serão os jornalistas que precisarão de mais "estudo" ou será Cavaco a necessitar de menos cara-de-pau? São as mesmas agências, certo? Se eram sérias há um ano, também deverão ser agora. Se não valia a pena "recriminar" as agências há um ano, também não valerá agora. A única coisa que mudou foi a cor política de quem nos governa. E a pequena política, mesquinha, se é praticada por quase todos, tem (e teve, desde sempre) em Cavaco um fervoroso admirador e exemplar praticante, como se comprova. Resumindo, é mais do…

11 de setembro, a história mal contada

inside job: os abutres à solta

Imagem

tome lá música

Imagem
Diferente. Boa.

contra os tubarões, marchar, marchar!

Imagem
SEGUNDA FEIRA, SEM FALTA, CLICAR E ACTUALIZAR VÁRIAS VEZES ENTRE AS:
15 H E AS 21 H
http://www.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fwww.moodys.com%2F&h=FAQAn-y33
A ideia é simples... querem guerra? Pois não sabem com que povo se estão a meter... vamos retaliar como podemos, dentro das nossas capacidades!
Comecemos pela internet... Um servidor web tem uma capacidade máxima de resposta. Raro é um servidor web que suporta mais de 3000 conexões em simultâneo!
Posto isto, vamos provocar o que tecnicamente se chama de "Denial of Service (Dos)". Consiste numa simultânea conexão ao site da moodys de vários milhares de computadores. Isso provocará um bloqueio na resposta do servidor, deixando de ter capacidade para responder. Geralmente bloqueia o servidor web e muitas vezes obriga a um reinicio do sistema todo.
A prática é muito muito simples... à mesma hora, todos abrirmos o endereço http://www.moodys.com/ e fazermos uns quantos refreshs (actualizar) durante 3/4 minutos, de modo a cruz…

comédia negra com final feliz

Imagem

oh glória de mandar, oh vã cobiça!

Imagem