é a cultura, estúpidos!


Li agora que  o governo está a comprometer a existência da Fundação Paula Rego e, consequentemente, a Casa das Histórias, o museu da pintora em Cascais.

Asneira, e da grossa, mas outra coisa não seria de esperar de quem despreza a cultura em favor do dinheiro, sempre o dinheiro e nada mais do que o dinheiro e os detentores do dinheiro.

Façam o que quiserem, arranjem outro tipo de financiamentos, passem a cobrar entradas, mas não toquem nem estraguem um museu que já é um dos ex-libris de Cascais, que atrai não só portugueses como estrangeiros, que é um espaço onde apetece ir, ver, ficar.

Eu também sou contra muitas fundações. Fundações que se criam para mamar dinheiro do Estado ou para fugir aos impostos. Mas não há que ter em conta só os seus custos, mas o quanto prestigiam um país e enriquecem o seu povo, mesmo que culturalmente falando.

Coisa pouca para quem a cultura é um estorvo, uma excrescência a extirpar como uma hemorróida, um furúnculo, um nado-morto. Porque, pela lógica de quem nos lidera os destinos, antes fora os intestinos, os museus custam dinheiro ao erário público. Fechem-se! As escolas e universidades saem caras. Encerrem-se! E, efeito colateral de não menosprezar, um povo inculto é um povo manso, maleável, facilmente manobrável. Como se está a ver.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!