portas fora

Eu sei que andam demasiados abaixo-assinados a circular. Mas uma petição a pedir o regresso do amigo Álvaro ao Canadá vinha a calhar. Depois era só mandar o Gaspar de volta para os corredores de um qualquer banco em Bruxelas, Frankfurt ou Londres. O Coelho podia transitar para o FMI como assessor dilecto de Lagarde, ou para Berlim a coadjuvar Merkel na sua obra de destruição europeia. E Portas vai para Hollywood, o nosso novo Joaquim de Almeida, o Banderas português. Eles destruíram Portugal. Sem eles, recompor-se-á mais depressa.

Comentários

Anónimo disse…
E justiça para estes cabrões,não há?è 'engraçada' esta maneira de os mandar embora depois de todos os crimes.Inimputáveis??????
Se for gamar um banco,q por sua vez já foi roubado pelos seus detentores,vai ver qto tempo lá fica...
Manuel Cruz disse…
E não é que lhe dou toda a razão, caro anónimo? Acho que, no subconsciente, a gente já assume que esta gente escapa sempre ilesa. E havia muito com que os condenar: traição à pátria, empobrecimento do povo, desemprego, recessão, falências, corrupção, clientelismo. Numa sociedade justa, num país limpo, iam para o chilindró e deitavam-se as chaves da cela fora.
Sim. Dou-lhe razão. A piada, desta vez, saiu-me pela culatra.

Mensagens populares deste blogue

defendamos a honra, porra!

oxalá me engane!